RSS

I don't know much

video

Look at this face I know the years are showing.
Look at this life I still don't know where it's going.
I don't know much but I know I love you.
That may be all I need to know.

Look at these eyes they never seen what matters.
Look at these dreams so beaten and so battered.
I don't know much but I know I love you.
That may be all I need to know.

So many questions still left unanswered.
So much I've never broken through.
And when I feel you near me, sometimes I see so clearly.
The only truth I'll never know is me and you.

Look at this man so blessed with inspiration.
Look at this soul still searching for salvation.
I don't know much but I know I love you.
That may be all I need to know.

I don't know much but I know I love you.
That may be all I need to know.
I don't know much but I know I love you
That may be all there is to know.

Bandeira azul


Enviado pelo Paulo

É PRECISO


É preciso possuir infraestruturas muitos fortes,

para se viver nas margens do sistema


Alçada Batista " o Riso de Deus"

MENSAGEM PARA SEMPRE


Começarás a sentir o céu, Fernão Capelo,
no momento em que sentirás a velocidade perfeita.
E esta não é voar a mil quilómetros por hora, nem
a um milhão ,nem à velocidade luz.
Porque qualquer número é em si um limite e a perfeição
não tem limites.
A velocidade perfeita é estar lá.

...é estranho .As gaivotas desprezam a perfeição
em nome do prazer de viajar para alcançarem a perfeição,
chegam a toda a parte num bater de asas.
Lembra-te Fernão, o céu não é um espaço nem um tempo
porque o espaço e o tempo pouco significam.

...o céu consiste em ser perfeito


Richar Bach

Fernão capelo Gaivota

Escolhas


( Numa folha de jornal destinada a embalar um qualquer objecto quebrável, encontrada no chão do Ferreira Borges depois do encerramento da Feira Emaús )

Daquelas coisas que acontecem e parece que não é por acaso ...

( Este é o lema de uma Organização Humanitária que desconheço, sendo que a frase cala fundo no coração de qualquer Humano minimamente sensível ! )

25 de Novembro

Dia da Baiana

Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos - Pelourinho - Salvador da Bahia

( foto de Adenor Gondim )

O dinheiro


O dinheiro deu-me tudo aquilo que me podia dar. A vida ainda não...

O André está no céu


Faz nove anos que o André nasceu e no dia seguinte partiu para o céu. Para ele um beijo branco. Para a família a saudade mas também a alegria de saber que há amigos que não se esquecem.

A 1 mês do Natal


"...até que a vida nos separe"

O livro do Curral da Mula, tem a sua apresentação para o dia 8 de dezembro próximo no Hotel Solverde. Como sabem a lotação está esgotada e estamos confiantes de que a 1ª edição vai esgotar no dia do lançamento.
A pedido de várias famílias, o traje para os homens é fato e gravata e para as senhoras, vestido comprido, de preferência preto.

Humor

Um índio vai ao cartório e solicita mudança de nome.
O escrivão pergunta qual é o seu nome.
- "Grande Nuvem Azul Que Leva Mensagem Para o Mundo"
- E como quer se chamar?
- E-Mail

AMAR!


Eu quero amar, amar perdidamente!
Amar só por amar: aqui ...além..
Mais este e Aquele, o Outro e toda a gente...
Amar!Amar! E não amar ninguém!

Recordar? Esquecer? Indiferente!...
Prender ou desprender? É mal? É bem?
Quem disser que se pode amar alguém
Durante a vida inteira é porque mente!
Há uma primavera em cada vida:
É preciso cantá-la assim florida,
Pois se Deus nos deu voz, foi pra cantar!
E se um dia hei-de ser pó, cinza e nada
Que seja a iha noite uma alvorada
Que me saiba perder...pra me encontrar...

Florbela Espanca

Impossível ?

Nada é impossível de mudar.

Desconfiai do mais trivial, na aparência singelo.

E examinai, sobretudo, o que parece habitual.

Suplicamos expressamente :
não aceiteis o que é de hábito como coisa natural, pois em tempo de desordem sangrenta, de confusão organizada, de arbitrariedade consciente, de humanidade desumanizada, nada deve parecer natural, nada deve parecer impossível de mudar.


( B. Brecht )
( imagem in istockphoto )

À força de falarmos de amor, apaixonamo-nos .


Pascal

O DIA



E quando chegar o dia, deverás entregar o teu dom a alguém que fará bom uso dele, e que possa aprender que as únicas coisas realmente importantes são aquelas feitas de verdade e alegria.


Richard Bach ( Não há Longe nem Distância)

Uns e os outros

Uns choram, outros vendem lenços!

Ressaca

Sabes o que é uma ressaca de bem estar?

Edith Piaf


video


O AMOR É...


O amor é a melhor música na partitura da vida.

Sem ele você será um eterno desafinado no imenso coral da humanidade


Raquel Schneider

Um


No início da vida, cada um de nós recebe um bloco de mármore e as ferramentas necessárias par dele fazer uma escultura.
Podemos arrastá-lo intacto aos nossos pés, podemos reduzi-lo a pó ou podemos dar-lhe uma forma gloriosa.
Richard Bach

Abrupt (o) amente


Há alturas assim, parece que se vive naqueles sonhos em que se quer correr e não se sai do sítio. Freud explica, qualquer manual dos sonhos explica, mas a gente continua a sonhar o mesmo. Tudo é pastoso, parece um barco que entra no lodo e não avança mais no meio de um grande e enorme rio. Toda a agitação é vã, sabe-se que algures há um perigo indefinido, uma escuridão que avança, um movimento profundo nas águas.
...
A gente olha para o Correio da Manhã, aquilo que os anglo-saxónicos chamam uma "fatia de realidade", e vê bem o sonho do quero andar, mas não ando.
...
Depois o Correio da Manhã explica-nos que há portas e portas. Umas servem para abrir, outras para snifar e ganhar muito, muito dinheiro. São "portas da percepção" diria Huxley, cheias de felicidade terrestre, contendo a módica quantia de 301 quilos (o quilo a mais dos trezentos seria para pagar o transporte?) de cocaína metida numas portas vindas do Brasil, cerca de três milhões e cem mil doses individuais com valor de cerca de 15 milhões de euros. No mesmo dia, mostrando a diferença entre o poderoso cartel latino-americano e a pobreza dos PALOP, um infeliz guineense identificado como Isolmané trazia três quilos numa mala de viagem vindo de Caracas e foi direitinho parar à prisão, porque só lhe devia faltar ter escrito na T-shirt ao que vinha e com que vinha. Nas casas de banho da noite chique de Lisboa, onde os famosos da Nova Gente riscam umas linhas de neve, não vai faltar produto, nem que seja a consumir à porta. Se no barco encalhado se tem medo e se quer fazer de conta que não se passa nada, há sempre maneira de o fazer, no nariz, na veia, na garganta.
...
O barco está mesmo encalhado e afunda-se pouco a pouco. Haverá piranhas, crocodilos neste rio ? Há sempre.
...
A culpa é do Correio da Manhã ? Longe disso, aquilo é o Portugal de 2007, tal como ele é, irrelevâncias antigas, infelicidades de sempre, vidas miúdas, perdidas num mundo que cada vez menos se controla, de que cada vez menos se descola. Não é obra de cínicos intelectuais que só querem dizer mal e não partilham do glorioso optimismo dos governantes, é o retrato do pântano do nosso lento empobrecimento a que nos condena o "modelo social" vigente, da desorganização atávica das nossas instituições, do salve-se quem puder, de uma mediania muito perto da pobreza e do atraso. É o que o espelho da verdade nos mostra.

É como como nos sonhos, bem se quer correr, mas é difícil correr no meio de gelatina, da pasta viscosa da nossa anomia, quando uma a uma se perdem as raríssimas oportunidades de fazer diferente. Até o Papa percebeu isso e fez o que fez aos bispos, só que nós, se o tivéssemos à civil, atirávamos pedras ao homem. Não se é feliz no país do Correio da Manhã, mas o país do Correio da Manhã é o nosso país.

( José Pacheco Pereira )

A ILHA


Dormi contigo a noite inteira junto ao mar, na ilha
Selvagem e doce eras entre o prazer e o sono,
entre fogo e água...

Talvés bem mais tarde nossos
sonos se uniram na altura e no fundo...
em cima como ramos que um mesmo vento move...
em baixo como raizes vermelhas que se tocam...

Talvés teu sono se separou do meu e pelo mar escuro
me procurava como dantes, quando nem existias...
quando sem te enxergar naveguei a teu lado
e teus olhos buscavam o que agora buscam o que agora-pão,
vinho, amor e cólera te dou, cheias as mãos,
porque tu és a taça que só esperava
os dons da minha vida...

Dormi junto contigo a noite inteira,
enquanto a escura terra gira com vivos e com mortos,
de repente desperto e no meio da sombra meu braço
rodeava tua cintura...

Nem a noite nem o sonho puderam separar-nos...
Dormi contigo, amor, despertei, a tua boca
saída de teu sono, meu deu o sabor da terra,
de água marinha, de algas, de tua intima vida,
e recebi teu beijo molhado pela aurora...
como se me chegasse do mar que nos rodeia...

Pablo Neruda

2007 - Direitos Humanos no Mundo

Amnesty International Report Intro

2006

An introduction to Amnesty

" Saudades de mim "



Abaixo e acima da linha do Equador - silêncio

( foto e texto de Adenor Gondim - Bahia )

VENTO


Não há vento favorável para o marinheiro que não sabe aonde ir.


Senéca


O amor não consiste em olhar um para o outro, mas sim olhar juntos na mesma direcção


Saint- Exupéry

TRIUNFAR


. É assim, depois de muito esperar, num dia como outro qualquer, decidi triunfar...
. Decidi não esperar as oportunidades e sim, eu mesmo buscá-las.
. Decidi ver cada problema como uma oportunidade de encontrar uma solução.
. Decidi ver cada deserto como uma possibilidade de encontrar um óasis.
. Decidi ver cada noite como um mistério a resolver.
. Decidi ver cada dia como uma nova oportunidade de ser feliz.
. Naquele dia descobri que meu único rival não era mais que minhas próprias limitações e que enfrentá-las era a única e melhor maneira de as superar.
. Naquele dia , descobri que eu não era o melhor e que talvéz eu nunca tenha sido.
. Deixei de me importar com quem ganha ou perde, agora, me importa simplesmente saber melhor o que fazer.
. Aprendi que o difícil não é chegar lá cima, e sim deixar de subir.
. Aprendi que o melhor triunfo que posso ter, é ter o direito de chamar alguém de "Amigo".
. Descobri que o amor é mais do que um simples estado de enamoramento"o amor é uma filosofia de vida".
. Naquele dia, deixei de ser um reflexo dos meus escassos triunfos passados e passei a ser a minha própria ténue luz presente.
. Aprendi que de nada serve ser luz se não vai iluminar o caminho dos demais.
. Naquele dia, decidi trocar tantas coisas...
. Naquele dia, aprendi que os sonhos são sómente para fazer-se realidade.

E desde esse aquele dia já não durmo para descansar...
Agora simplesmente durmo para sonhar.

Walt Disney


Sonhos

Cada um de nós tem uma segundo sonho onde tudo o que faz é inocente.

Cantem comigo

Quando você vem com essa cara
De menina levada para a brincadeira
Dá-me um arrepio na pele
Sinto água na boca para ficar com você

Você não tem um pingo de vergonha
E todo homem sonha ter alguém assim,
Realizando minhas fantasias
Taras e manias
Você vem pra mim

Uma lady na mesa uma louca na cama
Na maior safadeza você diz que me ama
E na minha cabeça desvario e loucura,
Quando você começa ninguém mais a segura

E mexe remexe se encosta se enrosca
Se abre se mostra pra mim
Ma agarra me morde me arranha
Não mude que eu quero você sempre assim

Quem canta esta canção?

VAMBORA


Entre por essa porta agora
E diga que me adora
P´ra mudar a minha vida
Vem vambora
Que é o que você demora
É o que o tempo leva
Ainda tem o seu perfume pela casa
Ainda tem você na sala
Porque meu coração dispara
Quando tem seu cheiro
Dentro de um livro
Dentro da noite veloz
Ainda tem seu perfume pela casa
Ainda tem você na sala
Porque meu coração dispara
Quando tem seu o cheiro
Dentro de um livro
Nas cinzas das horas.

Adriana Calcanhoto

NALGUM LUGAR PERDIDO


Não
Não precisas de olhar para mim
Não
Não precisas de correr para mim
Não
Não precisas de me dizer nada
Não
Não precisas de me demonstrar nada
Não
Para mim...
Basta o calor do teu abraço me mostre o quanto me amas

Blog

Têm havido vários problemas com os acessos ao nosso blog em termos de colocação de "posts". Estamos a envidar todos os esforços para solucionar o problema ao qual somos alheios, pedindo no entanto desculpa pela contrariedade inoportuna.

O amor é o amor



O amor é o amor- e depois?
Vamos ficar os dois
a imaginar, a imaginar?...

O meu peito contra o teu peito
Cortando o mar, cortando o ar
Num leito
há todo o espaço para amar!

Na nossa carne estamos
sem destino, sem medo, sem pudor,
e trocamos- somos um? somos dois?
espirito e calor!
O amor é o amor e depois?

Alexandre O?Neill
Post da Laura Xô

Os Avós

Quando era criança e adoslescente, tinha avós mas pouco convivia com eles porque eu estava em Angola e eles cá. A meio da adoslescência tive um contacto maior com eles e a partir dos meus 20 anos comecei a perder os avós que me restavam. Mas o mais curioso, nesta história, é que me rcordo muito bem do meu avô materno e do seu belo olho azul apesar de eu ter apenas 6 anos quando ele faleceu e eu ter estado com ele muito poucas vezes. Mas ainda hoje tenho saudades de todos os meus avós e de não privado mais de perto com eles. Mas a minha vida foi assim, no que diz respeito aos avós.Obrigada Avós por tudo o quanto me deram.

" Neguinha "

Hoje, como todos os outros dias do ano é dia da humanidade - todos nós fomos, somos e seremos crianças ... Viva a humanidade que resta em nossos corações.

( Foto e texto de Adenor Gondim - Bahia )

O melro


O melro tirou-me o sono esta noite. Ainda não sei se foi por sonho se o vi na realidade mas ele apareceu-me vestido desportivamente. Estava lindo, com penteado novo, sorridente, mas para espanto meu, começou a tentar seduzir-me, começando a despir-se. Mentiria se dissesse que não gostei, mas ter despertado ás 3 da manhã e não ter pregado mais olho, é que foi arreliador, como arreliador é ainda não ter conseguido deixar de pensar nele. Ai melro, melro, o que queres de mim?

Assim se trabalha em Portugal :-(

A PUB no seu melhor !

video

PONTE


Somos ponte para a eternidade,
formando um arco sobre o mar,
procurando, vivendo mistérios
triunfos, desafios.
Pondo-nos à força uma e outra vez
aprendendo a amar.

Richard Bach( A ponte para a Eternidade)

As carriças

As "carriças" são pequeninos pássaros do campo e que se deixam apanhar fácilmente. Quem lhes tocar, dizem os anciões, acaba por partir tudo em que toca.
Há pessoas que são como as "carriças", só nos trazem desgraças, más notícias, coisas negativas. Por tudo isto e porque me estou a lembrar de duas "carriças", já sabem, não lhes toquem, porque dali só vem desgraça e mal dizer...pu** q** a* pariu...

Sinais interiores de pobreza

Anda muito gente preocupada com os sinais exteriores de riqueza e bem, mas não vejo que se preocupem com os sinais interiores de pobreza.
As pessoas que não acrescentam mais valia a nada e a ninguém, que não se empenham em ser criativas, que não suscitam interesse aos outros, que são sectárias e que disso não se apercebem, estão permanentemente a dar sinais interiores de pobreza.

Gosto de ti como eras

Lembro-me na minha adolescência ter um amigo de quem gostava muito, chamado Luis. Lembro-me das patuscadas que faziamos, e de passarmos as noites de verão, sentados nas guias dos passeios na berma da estrada a conversar, até que um dia tendo que acompanhar os pais foi para Moçambique.
Nunca mais o vi, mas senti sempre que foi um bocado de mim que ele levou. Entretanto passaram 40 anos. A semana passada por interposto amigo puseram-me á fala com ele por telemóvel. Estava radicado na África do Sul. Fiquei triste quando ele disse que já não se lembrava de mim. Eu se o vir também não o reconhecerei, mas agora tambem já não me interessa conhece-lo, porque aquele de quem eu gosto, continua dentro de mim e é assim que eu o quero conservar.

Dói Dói

Criar expectativas, sonhar com, acreditar que, contar com o ovo no cú da galinha, levam-nos normalmente ao desencanto e á frustração. Cautelas e canja de galinha são sempre recomendáveis, mas quem na expectativa da namorada aceitar o pedido de noivado não tem já o anel para lhe oferecer. Quem, sonhando no dia do casamento não sonha como vai ser esse dia. O problema é quando se criam expectativas mais elevadas, como por exemplo quando se espera que a noiva queira casar, e esta passe a vida a adiar o casamento. Ora, a fasquia que nós pomos muitas vezes em relação ás expectativas é como quando o pé é maior que o chinelo, acabamos por fazer dói dói, sem ter depois, quem nos faça o curativo.

"Nós"

Será que sem "eu" e "tu" existe o "nós? Desacreditar na possibilidade de existir um "nós" é em si mesmo ser infeliz. Viver sem felicidade é possivel, não é possivel é viver-se infeliz. Citando William George Ward, o pessimista queixa-se do vento, o optimista espera que ele mude de direcção e o realista ajusta as velas. O desafio para o"nós" é "eu" e o "tu". Vamos ajustar as velas, vamos queixarmo-nos do vento ou vamos esperar que mude de direcção?

Definição de Avó

"Uma avó é uma mulher que não tem filhos, por isso gosta dos filhos dos outros. As avós não têm nada para fazer, É só estarem ali.
Quando nos levam a passear, andam devagar e não pisam as flores bonitas, nem as lagartas.
Nunca dizem "despacha-te". Normalmente são gordas, mas mesmo assim conseguem apertar-nos os sapatos.
Sabem sempre que gente quer mais uma fatia de bolo ou uma fatia maior.
As avós usam óculos e ás vezes até conseguem tirar os dentes.
Quando contam histórias, nunca saltam bocados e nunca se importam de contar a mesma história várias vezes.
As avós são as únicas pessoas grandes que têm sempre tempo.
Não são tão fracas como dizzem, apesar de morrerem mais vezes do que nós.
Toda a gente deve fazer o possivel por ter uma avó sobretudo se não tiver televisão.
" in Jornal do Cartaxo" . Carta de uma menina de 8 anos

O Perdão

O perdão é a expressão mais sublime do amor.
Eu perdoo-te, tu perdoas-me
Eu amo-te, tu amas-me
Eu quero ser feliz, tu também
Perdoem-nos por querermos ser felizes.
Nós também vos perdoaremos, se vocês não nos compreenderem.
O perdão é a expressão mais sublime do amor

O melro

O melro voltou á mesma hora e arrancou-me um sorriso, não sei de por ser perto da hora de saída do emprego, se pela satisfação de ver que um amigo aparece sempre que pode e quando precisamos mais dele. O melro é a par com os meus amigos, indispensável ao meu bem estar. Faz parte da minha vida.
Hoje lançou-me um assobio que quase me senti uma boazona a ser assobiada por um trolha. Sei que sou bem parecido, mas acho que ele exagerou. Amanhã vou-lhe perguntar se no lugar do assobio, pode ser um piropo. Até amanhã, melro.

Procura-se um Amigo

Não precisa ser homem, basta ser humano, basta ter sentimentos, basta ter coração.
Precisa saber falar e calar, sobretudo saber ouvir.
Tem que gostar de poesia, de madrugada, de pássaro, de sol, da lua, do canto, dos ventos e das canções da brisa.
Deve ter amor, um grande amor por alguém, ou então sentir falta de não ter esse amor…
Deve amar o próximo e respeitar a dor que os passantes levam consigo.
Deve guardar segredo sem se sacrificar.
Não é preciso que seja de primeira mão, nem é imprescindível que seja de segunda mão.
Pode já ter sido enganado, pois todos os amigos são enganados.
Não é preciso que seja puro, nem que seja todo impuro, mas não deve ser vulgar.
Deve ter um ideal e medo de perdê-lo e, no caso de assim não ser, deve sentir o grande vácuo que isso deixa.
Tem que ter ressonâncias humanas, seu principal objetivo deve ser o de amigo.
Deve sentir pena das pessoa tristes e compreender o imenso vazio dos solitários.
Deve gostar de crianças e lastimar as que não puderam nascer.
Procura-se um amigo para gostar dos mesmos gostos, que se comova, quando chamado de amigo.
Que saiba conversar de coisas simples, de orvalhos, de grandes chuvas e das recordações de infância.
Precisa-se de um amigo para não se enlouquecer, para contar o que se viu de belo e triste durante o dia, dos anseios e das realizações, dos sonhos e da realidade.
Deve gostar de ruas desertas, de poças de água e de caminhos molhados, de beira de estrada, de mato depois da chuva, de se deitar no capim.
Precisa-se de um amigo que diga que vale a pena viver, não porque a vida é bela, mas porque já se tem um amigo.
Precisa-se de um amigo para se parar de chorar.
Para não se viver debruçado no passado em busca de memórias perdidas.
Que nos bata nos ombros sorrindo ou chorando, mas que nos chame de amigo, para ter-se a consciência de que ainda se vive.




( Vinicius de Moraes )

Bhutto detida


A polícia paquistanesa deteve na madrugada de terça-feira, hora local, a líder da oposição Benazir Bhutto. A prisão, que durará sete dias, segundo informou a polícia e o partido de Bhutto, deu-se horas antes de encabeçar una manifestação de protesto contra o estado de excepção ditado pelo Presidente, Pervez Musharraf.
A detenção acontece pouco antes de a duas vezes Primeira Ministra começar uma "longa marcha" de três ou quatro dias percorrendo os 270 kilómetros que separam Lahore da capital, Islamabad, para pedir ao general que abandone a chefia das Forças Armadas, que anule o estado de excepção e que liberte os milhares de detidos, muitos dos quais do seu partido.

Bhutto tinha chamado previamente os paquistaneses de todos os quadrantes a unir-se à caravana de veículos contra o estado de excepção decretado por Musharraf a 3 de Novembro e assegurado que a faria mesmo que a polícia tentasse impedi-la.
O Presidente despoletou uma onda de protestos quando a 3 de Novembro suspendeu a Constituição, reduziu a liberdade de imprensa, despediu a maioria dos juízes, encarcerou advogados e deteve milhares de simpatizantes da oposição e activistas em favor dos direitos humanos.

A crise neste país, que possui armas nucleares, desencadeou alarme sobre a sua estabilidade e Musharraf foi pressionado pelos seus aliados ocidentais e rivais políticos para que volte a pôr o Paquistão no caminho da democracia.

O Vice-Ministro da Informação Tariq Azim Khan, disse à Reuters na segunda-feira que "as manifestações e protestos estão proibidos, não saõ permitidos", e que "aquele que infringir a lei será punido".
...
( Público.es )

A CASA DO TEMPO PERDIDO


Bati no portão do tempo perdido, ningém atendeu
Bati pela segunda vez e mais outra e mais outra.
Resposta nunhuma.
A casa do tempo perdido está coberta de hera
pela metade; a outra metade são cinzas.
Casa onde não mora ninguém, e eu batendo e chamando
pela dor de chamar e não ser escutado.
Simplesmente bater ,o eco devolve
minha ânsia de entreabrir esses paços gelados.
A noite e o dia se confundem no esperar
no bater e bater.

O tempo perdido certamente não existe.
É o casarão vazio e condenado.

Carlos Drummond de Andrade

LÁGRIMA DE PRETA


Encontrei uma preta
que estava a chorar
pedi-lhe uma lágrima para analisar

Recolhi a lágrima
com todo o cuidado
num tubo de ensaio
bem esterilizado.

Olhei-a de um lado,
do outro e de frente
tinha um ar de gota
muito transparente.

Mandei vir os ácidos,
as bases e os sais,
as drogas usadas
em casos que tais.

Ensaiei a frio,
experimentei ao lume,
de todas as vezes
deu-me o que é de costume:
nem sinais de negro,
nem vestígios de ódio
Água (quase tudo)
e clorecto de sódio.

António Gedeão

TERNURA


Desvio os teus ombros o lençol
que é feito de ternura amarrotada,
da frescura que vem depois do Sol,
quando depois do sol não vem mais nada.

Olho a roupa no chão: que tempestade!
há restos de ternura pelo meio,
como vultos perdidos na cidade
em que a tempestade sobreveio...

Começas a vestir-te lentamente
e é ternura também que vou vestindo,
para enfrentar lá fora aquela gente
que da nossa ternura anda sorrindo...

Mas ninguém sonha a pressa como nós
a despimos assim que estamos sós!


David Mourão Ferreira

Namorada


A melhor namorada é aquela que tem a cabeça na lua e os pés na terra.

O melro

O melro reapareceu hoje ao fim da tarde e dispensou-me enorme atenção. Acho que voltou para ficar mais uma época comigo. Está luzidío e com bom aspecto. Já tinha saudades dele. Porque será que ele gosta de vir para esta árvore quando há dezenas delas em redor? E porque hei-de eu querer saber o acessório quando tenho comigo o essencial?

Humor

Era uma vez uma aldeia onde viviam dois homens que tinham o mesmo nome:
Joaquim Gonçalves. Um era sacerdote e o outro, taxista. Quis o destino que morressem no mesmo dia. Quando chegaram ao céu, São Pedro esperava-os. O teu nome? Joaquim Gonçalves.
És o sacerdote? Não, o taxista.
São Pedro consulta as suas notas e diz:
Bom, ganhaste o paraíso. Levas este túnica com fios de ouro e este troféu de platina com incrustações de rubis. Podes entrar.
O teu nome? Joaquim Gonçalves.
És o sacerdote? Sim, sou eu mesmo.
Muito bem, meu filho, ganhaste o paraíso. Levas esta bata de linho e este troféu de ferro.
O sacerdote diz:
Desculpe, mas deve haver engano. Eu sou o Joaquim Gonçalves, o sacerdote!
Sim, meu filho, ganhaste o paraíso. Levas esta bata de linho e...
Não pode ser! Eu conheço o outro senhor. Era taxista, vivia na minha aldeia e era um desastre! Subia os passeios, batia com o carro todos os dias, conduzia pessimamente e assustava as pessoas. Nunca mudou, apesar das multas e repreensões policiais. E quanto a mim, passei 75 anos pregando todos os domingos na paróquia. Como é que ele recebe a túnica com fios de ouro e eu... isto? ?
Não é nenhum engano - diz São Pedro.
Aqui no céu, estamos a fazer uma gestão mais profissional, como a que vocês fazem lá na Terra.
Não entendo!
Eu explico.
Agora orientamo-nos por objectivos.
É assim: durante os últimos anos, cada vez que tu pregavas, as pessoas dormiam. E cada vez que ele conduzia o táxi, as pessoas começavam a rezar.
Resultados! Percebeste?
Gestão por Objectivos!
enviado por mail pelo Paulo

Discussão


- Desconfio que a democracia não resulta. Juntam-se astronautas, bodes, camponeses, galinhas, matemáticos e virgens loucas e dão-se a todos os mesmos direitos.
Isso parece-me um erro cósmico.

- Desculpa.

Desculpei mas fiquei ofendido. Que a democracia era aquilo mesmo, e ainda com conversa fiada como brinde, isso sabia eu. Que mo viessem dizer, era outra coisa.
Fiquei ainda mais ofendido, até porque não gosto de erros cósmicos. Acho um snobismo.

- Eu sou democrático - rugi entre dentes, como resposta.
- Tenho amigos no exílio, todos democráticos. Foram para lá por serem democráticos. É um sacrifício que poucos fazem, ir para o exílio e ser professor universitário exilado e democrático. Eras capaz de fazer isso ?

- Não sou democrático.

Não havia resposta a dar. Nenhuma. Ele não era democrático, não sabia de democracia. Eu sim, sou democrático, até já quis ir à América, que me afirmaram que lá é que é a democracia.
Recusaram-me o visto no passaporte, disseram que eu era comunista !

Viram isto ?

( Mário Henrique Leiria in Contos do Gin-Tonic )
( imagem in istockphoto )

Quinta da Pedra

Numa Quinta lindíssima com vistas para o rio Douro, ontem á noite reunimos á mesma mesa para conviver e comer uma castanhas como manda a tradição no S. Martinho. Foi um serão animado, com o Manel, um verdadeiro contador de histórias, a animar o serão. O Meira usando das prerrogativas pré presidenciais, conseguia que á nossa mesa tudo de bom viesse parar. A Rósinha sempre participativa fez o papel de 1ª dama "comme il faut". O Carlos Letra é um parceiro sempre atento e gentil, tendo ido buscar o carro só para que a Sãozinha não apanhasse frio. Um autêntico "gentleman". Ela, Sãosinha, vestida pela casa Dior era a mulher mais elegante da noite. Um casal fantastico.

O Zé Alberto, grande garfo, assim até dá gosto ver comer, ou era tudo fome Zé? A esposa, Fátima é detentora de uma receita de bolo do chocolate, que teremos de provar brevemente, pode ser?

A mulher do Manel, a Náná , também nos deliciou com umas histórias via sms, que nos deliciaram. O Luis e a Alice embora discrectos participaram numa noite agradável, em que o melhor da noite foi mesmo o clima de harmonia e boa disposição que se viveu.

Associação de Inutilidade Pública


Nós somos um sonho, somos uma bandeira, somos um grito, somos um desejo e estamos e somos apaixonados por quem não generaliza, não omite e não distorce. Talvez sejamos uma utopia de muito poucos, que só quer fazer bem a muitos.

EXISTE


Existe pessoas que cheira amor
Que trás vontade de Paixão
Existe amor que cheira vida,
E vida que anda na contra -mão

Existe pessoa que cheira saudade,
Trazendo a vontade de nunca esquecer
Existe saudade que doí na lembrança;
E trás a certeza de nunca morrer.

Existe morte que corre em vida
Por não cicatrizar a ferida aberta na emoção...
Mas existe emoção que se faz viva;
Que envolve e acalenta o choro do coração.

Existe coração que sofre
Mesmo sem saber porquê
E segue buscando em cada face
A falta que sente de você.

Exite tudo e todos
De forma que não sei dizer,
E nesta agonia eu sigo triste
Sem rumo e sem amanhecer.

Existe amanhecer sem luz,
Existe noite sem luar
Existe treva e escuridão
Existe sonhos sem se concretizar

Só Porque Existem

Nilzeth

Relações de qualidade


Porque apostam tanto os lobbies em relações de circunstância. Porque sabem que não há interesse em que elas sejam duradoiras. Sabem que há muita mão de obra em stock e é facil para eles, descartarem, quando esse tipo de pessoas não servem os seus interesses. Mas se isto é admissível a esse nivel, ao nivel das relações pessoais, devemos focalizarmo-nos em relações de qualidade.

Se andarmos com galinhas, é certo que nos tornaremos em galos ou garnizés. Se andarmos com águias poderemos aprender a voar e a ver as coisas de outra prespectiva, mas se não investir-mos em relações de qualidade, cada vez mais, nos sentiremos mais sós há medida que o tempo avança, porque as relações de circunstância não acrescentam sumo á laranja.

Deixa de frequentar grupos ou pessoas que nada te dizem, porque há muita gente com quem podes aprender e é com essas que deves investir em relações de qualidade.

VANTAGENS DAS NOVAS TECNOLOGIAS

Querem passar os vossos slides antigos de 35mm para CD ou DVD?
Cliquem "aqui" para mais informações...

ADEUS


Já gastámos as palavras pela rua , meu amor, e o que nos ficou não chega para a fastar o frio de quatro paredes.
Gastámos tudo menos o silêncio.
Gastámos os olhos com o sal das lágrimas, gastámos as mãos à força de as apertarmos, gastámos o relógio e as pedras das esquinas em esperas inúteis.
Já gastamos as palavras.
Quando agora digo: meu amor, já não se passa absolutamente nada.
E no entanto, antes das palavras gastas, tenho a certeza de que todas as coisas estremeciam só de murmurar o teu nome em silêncio do meu coração.
Não temos nada para dar. Dentro de ti não há nada que me peça água.
O passado é inútil como um trapo.
E já disse: as palavras estão gastas .Adeus.


Eugénio de Andrade

Red House

Joe Satriani, Steve Vai, Eric Johnson ( digressão G3, 1996 )

Sabedorias


Há dois tipos de sabedoria : a inferior e a superior.

A sabedoria inferior é dada pelo quanto uma pessoa sabe e a superior é dada pelo quanto ela tem consciência de que não sabe.

Os verdadeiros sábios são os mais convictos da sua ignorância.
Desconfiem das pessoas auto-suficientes.

O orgulho é um golpe contra a lucidez, um atentado contra a inteligência.

A sabedoria superior tolera; a inferior julga; a superior perdoa; a inferior condena.

( Augusto dos Anjos )

CONFIANÇA


O que é bonito neste mundo, e anima,
É ver que na vindima
De cada sonho
Fica a cepa a sonhar outra aventura...
E que doçura
Que se não prova
Se transfigura
Numa doçura
Muito mais pura
E muito mais nova

Miguel Torga

TEMPO


É preciso dar tempo ao amor .Ele precisa de tempo para encontrar espaço para se instalar.
Ele precisa de tempo para crescer e florescer.
É tempo de ter tempo para amar!

Vinicius de Morais

HÁ DIAS ASSIM


Há dias cheios de vento, há dias cheios de raiva...há dias cheio de lágrimas.

Mas depois...há dias cheios de amor, que nos dão coragem de ir em frente em todos os dias da nossa vida.


M. Batagglia

QUANDO...


Quando falares, cuida para que as tuas palavras sejam melhores do que o teu pensamento, e lembra-te que alto deve ser o valor das tuas ideias, não o volume da tua voz

AMOR


O amor é como a criança: deseja tudo o que vê


Shakespeare, William

Aprendi que um homem só tem o direito de olhar o outro de cima para baixo para ajudá-lo a levantar-se


Gabriel Garcia Márquez

MAKTUB(Está escrito)


Justamente quando pensava saber todas as respostas

veio a vida e mudou todas as perguntas


Paulo Coelho

NOITE DE SAUDADE


A noite vem pousando devagar
Sobre a terra que inunda de amargura...
E nem sequer a benção do luar
A quis tornar divinamente pura...
Ninguém vem atrás dela a acompanhar
A sua dor que é cheia de tortura...
E eu ouço a noite soluçar!
E eu ouço soluçar a noite escura!
Porque que é assim tão ´scura, assim tão triste?
É que talvez, ó noite em ti existe
Uma saudade igual à que eu contento!
Saudade que eu nem sei donde vem...
Talvez de ti, ó noite!...ou de ningém!...
Que eu nunca sei quem quem sou, nem o que tenho!

Florbela Espanca

MUDAR


Mudar de preocupações faz-nos tão bem como tirar férias


Lloyd George, David

OLHAR


Ás vezes é preciso parar e olhar para longe, para podermos enxergar o que está mais perto de nós...


Celi